Faça sua (p)arte em tempos de coronavírus


Ei colega artista!

Sei que pra você esse momento no mundo deve estar sendo um pouco confuso. Talvez sua forma de trabalhar não tenha mudado tanto, já que boa parte de nós já passava um bom tempo trabalhando dentro de casa. Agora você provavelmente tem mais companhia, ou talvez esteja mais sozinho do que nunca. Talvez seu emprego de carteira assinada tenha parado e você finalmente terá um tempo pra tentar se dedicar a sua verdadeira missão. Talvez você nunca tenha tido a oportunidade de passar tanto tempo consigo mesmo. Talvez aquele projeto que tava na gaveta resolva nascer. Quem sabe você descobre um novo jeito de criar. O tédio proporciona ótimas descobertas, por isso, artistas quase nunca estão entediados, porque costumam ser curiosos e teimosos. Talvez você esteja preocupado em como manter rentável seu trabalho musical, visual, fotográfico, corporal, literário, teatral... afinal, nossos serviços e produtos não costumam ser categorizados como “essenciais”. Pois deixa eu te falar: nesses tempos de crise, a arte não só é essencial, mas também age como ferramenta de informação, esperança e diálogos. A arte abre espaços e cria conexões, atinge lugares dentro de nós que nenhuma outra ciência atinge. Arte também ajuda a curar. Também somos responsáveis por cuidar da saúde (espiritual, intelectual, psicológica) da sociedade. Por isso, colegas artistas, não parem, não desanimem! A gente precisa da gente. Como sua arte pode contribuir nesse momento? Como seu trabalho pode ajudar a construir novas perspectivas? Como podemos nos unir (cada um de suas casas)? O que podemos deixar de herança boa desse marco histórico para o mundo? A hora é agora. Faça sua (p)arte. 💛


8 visualizações
Arte, criatividade e textões | murais | colagens | ilustrações | Salvador
todos os direitos reservados | por juliana pina | cnpj: 26.390.809/0001-60