Os caminhos possíveis importam mais do que os destinos finais




Pesquisar, recortar, desconstruir, recombinar, criar encontros, unir figuras distantes que talvez esperaram a vida inteira por isso. A tesoura e a cola são apenas ferramentas de uma engenhosa ramificação de ideias potentes e vivas. Muito vivas!

A colagem, pra mim, tem essa magia de transformar o óbvio, de materializar o improvável, de realocar contextos e símbolos, de criar novas narrativas. Ela é esse lugar que, ao mesmo tempo que é, deixa de ser num instante. Tudo pode acontecer, inclusive, nada. Quando acho que estou no controle... a colagem me mostra que fui dominada por um magnífico casamento de acasos. Mas vou te contar um segredo: as coincidências não são tão aleatórias como parecem. O processo criativo envolvido na colagem é muito maior do que qualquer resultado final que se alcance.

Aliás, a arte inteira afinal, é sobre isso, não é? Os caminhos possíveis importam mais do que os destinos finais. A trajetória tem mais valor do que o ponto de chegada, que também não deixa de ser tão importante quanto o ponto de partida.

0 visualização

Assine para receber atualizações dos designs

  • Instagram
Arte, criatividade e textões | murais | colagens | ilustrações | Salvador